Mostrar mensagens com a etiqueta fermentos. Mostrar todas as mensagens
Mostrar mensagens com a etiqueta fermentos. Mostrar todas as mensagens

segunda-feira, 1 de Setembro de 2008

Os fermentos

Existem diversos tipos de fermento:

Uns são adequados à confecção de bolos - fermento químico.
Outros são indispensáveis ao fabrico de pão - fermento biológico.


Fermento Químico

O fermento químico é composto pela mistura de bicarbonato de sódio e um ácido (fosfato de cálcio, sulfato de alumínio ou creme tártaro), que actua durante a cozedura da massa, libertando um gás que forma bolhas e torna as massas fofas! As massas confeccionadas com este tipo de fermento não necessitam de levedar e devem ir imediatamente ao forno.


Fermento Biológico


O fermento biológico, ou fermento de padeiro, fresco ou seco, é constituído por um tipo de levedura (um microrganismo vivo) que requer um período mais alargado de actuação. Por este motivo, as massas feitas com este tipo de fermento devem levedar algum tempo, após terem sido sovadas ou amassadas e antes de irem ao forno.

Fonte: Lusitana

------ ------- -------

Com o fermento de padeiro fresco obterá melhores resultados, esté é o que se utiliza nas padarias. Pode encontrá-lo à venda mesmo nas padarias e é muito mais barato do que o fermento seco (1 pacote de 500 gramas custou-me 1 euro). Este fermento não se usa directamente na massa de pão, tem de ser diluído em água ou leite. Tem de ser conservado no frio e tem um prazo de validade muito curto. Poderá ser congelado, durando assim mais tempo.


Para facilitar a utilização do fermento moldei as 500 gramas em 25 bolinhas de tamanho aproximadamente igual. Embrulhei-as em película aderente, coloquei-as num saco e congelei-as. Depois é só descongelar e está pronto a usar e assim tenho doses individuais de cerca de 20 gramas, é a dose ideal para usar na minhas receitas na máquina de fazer pão.


Print Friendly and PDF