sexta-feira, 19 de setembro de 2008

Massa de malagueta



Lavam-se bem as malaguetas, abrem-se ao meio e retiram-se as pevides. De seguida móiem-se e colocam-se num tacho. Tempera-se com sal grosso e leva-se ao lume a cozer em lume brando, mexendo, de vez em quando, com uma colher de pau. Distribui-se então a massa por frascos de vidro, devidamente esterilizados. Os frascos devem ficar abertos 2 dias. Na altura de fechar os frascos cobre-se a massa malagueta com um fio de óleo ou azeite. Estes depois de abertos devem conservar-se no frigorífico.

------ ------ ------

Um dia destes um leitor deste blog enviou-me um mail a pedir esta receita. E eu, sinceramente, não sabia como fazer, pois normalmente compro-a. No entanto tenho um tio que todos os anos faz massa de malagueta caseira e decidi contactá-lo para saber como é que ele a faz.

Esta receita é do meu tio e a massa de malagueta da foto também, porque depois do meu contacto dali a poucos dias o meu tio ofereceu-me este frasco :)

A massa de malagueta é muito usada e apreciada em todas as ilhas dos Açores. Nós por cá até costumamos comê-la simples com queijo fresco, com batatas cozidas e até com ovos cozidos. A de fabrico caseiro é normalmente muito mais picante do que a de compra.

Print Friendly and PDF

23 comentários:

Elvira disse...

Publicar essa receita é serviço público, pois, senão, tu, a Ana e eu teríamos de criar uma empresa de envio de massa de malagueta para o continente, pois existe alguma procura...! :-D

Beijinhos.

Nana disse...

Interessante,
deve ser muito forte para comer dos jeitinhos que você falou.
Ai surge o medo da minha gastrite piorar kkk
Mas para quem gosta (e pode), é uma ótima receita.
Bjs

pipoka disse...

Acabaste de revelar a receita do meu "tempero secreto"... ;-)

Será agora que vou deixar de trazer carregamentos de massa de malagueta para os amigos, sempre que regresso do Faial?

bjs

Joanina disse...

Oh Miga, mas que beleza!!! A receita da "NOSSA" massa de malagueta!Eu vou experimentar a fazer com uma destas malaguetas mexicanas que aqui ha! Ha "poderios" que qualidades de malaguetas a venda, mas eu vou fazer com a que mais se parece com a dai.
Bom fim de semana.
Thanks!
Bj da Jo

Pão, Bolos e Cia. disse...

Quando estive nos Açores, comi várias vezes e procurei nos supermercados e trouxe uma embalagem em saco plástico. Lembro-me de a comer com queijo fresco. Por aqui não se encontra.

Cristina disse...

Fica a anos-luz da massa de pimentão. Muito mais gostosa e não sabe tanto a "pimento".

BJs

Clumbsy Cookie disse...

Isto é cá uma bomba!

AndreaDomingas disse...

Oi Manuela!
Andei perdendo os seus posts, pois estava de férias. Você realmente me "pescou" com o Doce de Maçãs com Tomates! Não tenho máquina de pão, mas vou dar um jeito! :) Já a Massa de Malagueta lembrou-me a minha mãe! Como ela gostaria de experimentá-la. Acho que vou mandar a receita para ela! Bom, por último gostaria de dizer que você fiquei tentada por provar a manteiga dos Açores... hummm, deve ser muito boa! No momento estou tentando encontrar manteiga fresca aqui por perto também.
Bjs

risonha disse...

parece mesmo os temperos do tempo da minha avó... que maravilha Manuela.

Priscila Lenhago Beneducci Afonso disse...

Oi Manuela.. Lendo sua receita de Malagueta, eu tenho um monte delas por aqui, vou tentar fazer. Vou aproveitar e saber de você, ouvi falar que voces refogam a comida por ai numa Pasta de Pepperone aí em Portugal. Que pasta é essa, você sabe fazer, me ensina. Me falaram que é um tempero caseiro, tipo nossa Pasta de Alho com temperos. Se souber, agradeço a informação. Um beijão de Contagem - MG - Brasil. Priscila

Manuela disse...

Priscilla: Nunca ouvi falar nessa "Pasta de Pepperone", muito menos caseira.

Se alguém souber que se manifeste :)

ameixa seca disse...

Cum caraças que isso deve ser super potente ;)
Gosto dessas conservas caseirinhas!
Abraço

Ziza disse...

Puxa, puxa. Não sou baiana não. Aqui pelo Sul, embora apreciada, a pimenta forte não é tão bem digerida. Mas estou pensando em tentar esta tua viu?
Beijos e bom final de semana para ti e para o Rui!

Zi

Janinha disse...

Quando estivemos nos açores em Junho passado ficámos "apaixonados" pela Pimenta da Terra. É assim que lhe chamam, n é? Trouxemos como recordação e toda a gente adorou! Só tivemos que substituir o vosso queijo fresco pelo nosso requeijão... Mas fica bom na mesma :)

Canela disse...

Quando era pequena,vi muitas vezes fazer essa massa e a outra com as sementes que é superpotente!

pipoka disse...

Manuela,

A pasta que a Priscilla fala é a "massa de pimentão", muito usada no Alentejo. A Marizé tem a receita lá no Tachos de Ensaio e a Nina do Gourmandise também.

bjs

Romy disse...

Esta receita é um achado... muito obrigada és uma querida em publicá-la.

Bjokas***

monica disse...

Agora já sei o que fazer com as malaguetas que tenho em casa!
Obrigada Manuela!
Beijinhos

Smas disse...

As malaguetas usadas são as pequenas?
Quando estive em S.Miguel vi essa massa e depois esqueci de comprar.
Vou experimentar esta receitinha!!!
Bjs

A Goulart disse...

Era mesmo desta receita que eu andava à procura. Até já tinha pedido a uns familiares que ma enviassem. Muito agradecido.

rato disse...

Costumo fazer massa de malagueta ´so com uma diferença desta receita, eu não levo ao lume, deixo a fermentar 2 ou 3 dias e depois embalo em frascos como aqui foi dito. :)

Carla Gomes disse...

Pessoal, para os que estão em Lisboa e não conseguem encontrar estas iguarias... fiquem sabendo que há duas lojas açorianas na capital, que têm estas coisas e muito muito mais. Abriram ambas em Abril de 2008 e recebem todos os produtos das ilhas!!! Uma é no Campo Pequeno, Av. Elias Garcia, 57; e a outra é na Baixa, na Rua de São Julião, 58!!

Sofia Arcângelo disse...

Já tinha ouvido falar, mas nunca encontrei à venda. Vou passar a fazer :) Obrigado! Bjs