terça-feira, 20 de dezembro de 2011

O menino mija e o licor de tangerina

Por esta altura, nos Açores, a partir da meia noite do dia 24 de Dezembro, as pessoas juntam-se e vão visitar os amigos que têm a mesa posta até ao Dia de Reis. Vão correr mijinhas... É natural ouvir-se com frequência "o meu menino mija". Esta expressão surge como um convite e significa apenas que esperam a nossa visita. Normalmente na mesa de Natal encontram-se diversos licores, nomeadamente o licor de tangerina, o Bolo de Natal (receita aqui e aqui), o Bolo de Figos, as Donas Amélias e muitos outros docinhos e salgadinhos.

LICOR DE TANGERINA


  • Cascas de tangerinas
  • álcool q.b
  • 750 ml de água
  • 500 g de açúcar
  • 250 ml de álcool
  • corante de culinária líquido amarelo

Infusão de Tangerina
Corte as cascas das tangerinas muito fininhas (sem nenhuma parte branca para não amargar).
Coloque num frasco as cascas e cubra com álcool. Deixe a macerar no mínimo 3 dias no frasco bem fechado. (Pode deixar a macerar mais tempo ou até o ano inteiro, pois o sabor fica mais concentrado e terá a infusão sempre pronta a usar quando quiser fazer licor.) Convém agitar o frasco de vez em quando.

Preparação do licor
Num tacho junte a água e o açúcar. Leve ao lume, assim que começar a ferver mexa sempre com uma colher de pau durante 10 minutos. Desligue o lume e deixe arrefecer completamente.
Depois de frio, junte a infusão das tangerinas (só a parte líquida, não são usadas as cascas, a quantidade é a gosto - depende da intensidade de sabor pretendida), adicione o álcool e umas gotas de corante amarelo e misture tudo.
Filtre o licor e distribua por garrafas ou licoreiras.
O licor está pronto a consumir, no entanto quanto mais velho melhor.

ATENÇÃO: O álcool tem de ser próprio para a preparação de bebidas e usos culinários.
Costumo usar da marca Sinaga.


Print Friendly and PDF

16 comentários:

Mónica disse...

Manuela não conhecia essa tradição dos Açores mas achei giro, andamos sempre aprender :)
Esse licor de tangerina ficou com uma cor linda.

Beijinho

risonha disse...

ficou com uma cor mesmo gulosa!
onde é que compras o alcool próprio para a confecção de licores? nunca consegui encontrar.

Ondina Maria disse...

Por mim o menino pode continua a fazer xixi, sem fraldas e directo para o meu frasquinho :)

Ameixinha disse...

O menino mija é uma expressão muito engraçada :) Esse licor deve ser uma maravilha!

Manuela © disse...

Risonha
Aqui compro da marca Sinaga (marca açoriana) no Continente e nalgumas mercearias.

Ilídia disse...

Nós, Terceirenses, somos o máximo. Expressão mais linda que esta é difícil de encontrar! Belas receitas tradicionais! Beijo e até logo à tarde ;)

Xs disse...

Nunca fui muito amante de licores!
Mas fiquei com vontade de experimentar fazer!

Helena disse...

Olá Manuela
Não conhecia nem a tradição, nem esse alcool.
Desejo-vos um Natal muito Feliz como todas as pessoas boas merecem :)
Beijinhos para os dois

conceicao disse...

Feliz Natal.
Bjs

argas disse...

Que boa a tradição! Adorei o licor!

Susana disse...

Somos ricos em tradições... pelo menos isso a TROICA não nos tira!lol
Gostei muito do teu licor, também fiz este ano de canela.

O meu menino mija!

Beijinhos

Pi disse...

Desejo um 2012 cheio de sucesso!!!

Conheço bem a tradição do menino mija mas aqui pelo Continente não se ouve falar.

Aiiii que saudades dos Açores, costumes e tradições :))

Os vossos licores sabem calham sempre bem.
Vou tentar arranjar o alcool.

FELICIDADES,

Pi
Fernanda

Tralha do Melhor. disse...

Obrigada pela visita e pelo seu comentário .

Body Nature disse...

Gostei muito da receita, difícil é encontrar esse alcool por aqui... ;)

MAO disse...

Cara Manuela, apenas me resta uma duvida, que se prende com que alcool se deve usar, o de 96 ou 70?

Obrigado

Manuela © disse...

MAO, relativamente ao álcool pode usar tanto o de 70 como o de 96 graus. Eu fiz com o de 96 graus, que foi o que encontrei à venda no Zeferino.